Retorno social da Epagri alcança R$1,15 bilhão

Balanço Social destaca jovens que estão empreendendo com sucesso no campo (Foto: Aires C. Mariga/Epagri)

O Balanço Social de 2014 da Epagri, publicado neste ano, revela uma marca inédita: pela primeira vez, a contribuição da Empresa no retorno social que suas tecnologias e ações geraram para Santa Catarina ultrapassou a marca do bilhão, totalizando R$1,15 bilhão em benefícios. “Considerando a contribuição de todos os agentes econômicos, científicos e sociais que participaram do processo, o retorno global das tecnologias geradas pela Epagri é ainda maior, somando R$3,27 bilhões”, acrescenta o economista Luiz Toresan, coordenador do Balanço Social da Epagri.

A sexta edição do documento revela, ainda, que o retorno social que os catarinenses obtiveram para cada real investido na Epagri alcançou R$3,58. Nos cálculos, foram considerados os impactos sociais, ambientais e econômicos de 93 tecnologias desenvolvidas ou difundidas pela Empresa. Essas tecnologias resultam em benefícios como aumento de produtividade, redução de custos, agregação de valor e expansão das culturas em novas áreas.

Ao longo de 2014, a Epagri atendeu 117.709 famílias e 3.006 entidades em todas as regiões de Santa Catarina. A publicação traz como destaque histórias de jovens que estão empreendendo com sucesso no meio rural. “Na contramão do êxodo rural, muitos deles estão provando que é possível viver com boa renda e qualidade de vida no campo, construindo um futuro próspero sem abrir mão de conforto, lazer e tecnologia”, ressalta Luiz Ademir Hessmann, presidente da Epagri.

(Publicado em Vol. 28, nº2, ago./dez. 2015)