Comunicação da Epagri vira exemplo para o país e o mundo

Plataforma criou nova área temática para contemplar a comunicação da Epagri (Foto: Arquivo/Epagri)

O trabalho de comunicação da Epagri acaba de se tornar um exemplo para o Brasil e o mundo ao ser adicionado à Plataforma de Boas Práticas para o Desenvolvimento Sustentável da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO/ONU). A plataforma é um espaço de disseminação e compartilhamento de iniciativas replicáveis de boas práticas desenvolvidas na Região Sul do Brasil.

O Sistema de Comunicação Integrada para Divulgação de Assuntos do Meio Rural da Epagri foi o primeiro a ser incluído na área temática “Comunicação Rural e TI” da plataforma. “A inclusão da Epagri como pioneira nessa área temática prova que há 40 anos a Empresa tem trilhado o caminho correto para difundir sua mensagem de desenvolvimento sustentável para os meios rural e urbano”, avalia o Gerente do Departamento de Comunicação e Marketing da Epagri, Gabriel Berenhauser Leite.

O sistema reúne todas as mídias que a Epagri utiliza para difundir sua mensagem: revista, TV rádio, internet e redes sociais. Para falar com públicos variados, em especial o rural e o pesqueiro de Santa Catarina, a Empresa criou uma série de canais. Essas ferramentas de comunicação são geridas de forma integrada: respeitada a pertinência de cada assunto, as pautas são compartilhadas entre os veículos e apresentadas em diferentes formatos, adaptadas às características de cada meio.

Por meio de uma estratégia integrada de comunicação e a aplicação no campo por meio da extensão rural, essas tecnologias proporcionam maior produtividade agropecuária, de maneira sustentável, com agregação de valor aos produtos e melhoria na qualidade de vida dos catarinenses. Os meios de comunicação utilizados pela Epagri aproximam as pessoas da pesquisa agropecuária e extensão rural, seja pelas informações técnicas, seja pela simplicidade e facilidade de acesso às informações.

Produção de leite à base de pasto também foi incluída na plataforma de boas práticas (Foto: Aires Mariga/Epagri)

Leite sustentável

A experiência da Epagri com Unidades de Referência Técnica (URTs) que produzem leite à base de pasto utilizando manejo rotativo de pastagens também foi incorporada à plataforma. Graças a esse conjunto de recomendações de manejo, as propriedades conseguiram elevar a produtividade de leite de 4 para até 13 litros por dia, produzindo até 15 mil litros por hectare em um ano. Também foram constatadas melhoria no bem-estar dos animais, redução na incidência de mastite no rebanho, melhoria na qualidade do leite, aumento da renda e da qualidade de vida dos produtores, entre outras vantagens.

URTs são propriedades particulares selecionadas para servirem como modelo para outros agricultores da região. Os agricultores donos de URTs recebem orientação e acompanhamento periódico da Epagri, até que a produção alcance os patamares desejados.

Atualmente a Epagri conta com 242 URTS de leite à base de pasto, distribuídas por 133 municípios catarinenses. Mais de 45% dos municípios do Estado contam hoje com uma Unidade, a maior parte delas na Região Oeste, um importante polo produtor de leite do Sul do Brasil.

Graças a iniciativas como essa, Santa Catarina conquistou em 2017 a posição de quarto maior produtor de leite do Brasil, superando Goiás, um tradicional fornecedor do produto.

Conheça a plataforma: http://boaspraticas.org.br.

(Publicado em Vol. 31, nº1, jan./abr. 2018)